Ir para o conteúdo

Prefeitura de Botucatu - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Botucatu - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
27
27 SET 2022
CULTURA
3099 visualizações
Virada SP chega a Botucatu com sucessos da música e do teatro
enviar para um amigo
receba notícias
Lenine, Mart´nália, Paulinho Boca de Cantor, a Banda Mais Bonita da Cidade, as peças “Sexo dos Anjos” e “Ubu Rei” estão na programação; evento acontece dias 8 e 9 de outubro
A Virada SP chega a Botucatu no final de semana de 8 e 9 de outubro e traz na programação sucessos da música, do teatro e do circo. Lenine, Mart´Nália, a Banda Mais Bonita da Cidade e peças como Sexos dos Anjos e Ubu Rei fazem parte das cerca de 30 atrações que serão apresentadas nas 24 horas da maratona cultural. Botucatu, veterana no evento que já foi realizado nove vezes na cidade, incluindo uma versão online no ano passado, passa a fazer parte dos municípios com o título de capital cultural do estado 2022. A Virada SP é uma iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do governo de São Paulo.
 
“O programa Virada SP amplia o grau de acesso da população a uma programação cultural de grande qualidade em todas as regiões de São Paulo”, afirma Sérgio Sá Leitão, secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. “Há também um impacto positivo na economia das cidades parceiras e o fortalecimento da produção cultural paulista. Trata-se de uma ação bem-sucedida que resulta da política de descentralização de investimentos do Governo do Estado”.
 
A programação será aberta ao público no sábado (8) a partir das 18h com a apresentação de Paulinho Boca de Cantor, um dos fundadores do grupo dos anos 1970 Novos Baianos e que promete empolgar o público com sucessos como "Preta Pretinha", "Brasil Pandeiro" e  "A Menina Dança" . O show acontece no Palco Praça do EECA,  que também recebe Mart´nália, Lenine e Andrew Tosh, filho e sobrinho de dois ícones do reggae, Peter Tosh e Bunny Wailer, respectivamente. Tosh vai levar o suingue caribenho para Botucatu.
 
Outro destaque do Palco Praça do EECA será a participação do trio curitibano Tuyo, indicado ao Grammy Latino 2021, que vai apresentar uma mistura de afrofuturismo e folk pop, no domingo às 16h. O trio se destaca pela produção musical e pela transformação de poemas e manifestos em música.
 
“Estamos muito empolgados com essa Virada, construída a partir do entendimento e do apoio fundamental da prefeitura de Botucatu”, afirmou Danielle Nigromonte, diretora-geral da Amigos da Arte, organização que faz a gestão das Viradas SP pelo interior e litoral do estado. “Não seria possível entregar um evento com essa qualidade,  tão completo sem essa nossa parceria que define atrações, locais e a própria divulgação para conhecimento do público da cidade e do entorno”.
 
A Virada SP Botucatu será distribuída por mais cinco locais do centro da cidade, como o Teatro Municipal, a Praça Professor Pedro Torres, Palco Volante, Pinacoteca Fórum das Artes e a Concha Acústica da Praça Paratodos.
 
Além dos espetáculos musicais, o evento reúne também atrações teatrais e circenses. A atriz Denise Fraga leva a peça “Eu de Você”, na qual comemora 35 anos de atuação do seu primeiro projeto solo. Na peça, Denise apresenta histórias reais, costuradas por pérolas da literatura e música, com letras de Paulo Leminski a Zezé Di Camargo.
 
O clássico “Ubu Rei” de Alfred Jarry estará no Teatro Municipal de Botucatu, no domingo às 22h30. A peça, mais atual que nunca, retrata um tirano bufão, e foi um verdadeiro sucesso nos anos 1980, quando dirigida por Cacá Rosset.
 
De toda a programação da cidade, apenas a peça “Sexo dos Anjos” tem classificação indicativa para 16 anos. As demais atrações são livres para toda a família.
 
Karolina Violeira, Balaio de Balão e o Trio Virgulinho são alguns dos destaques que vão levar a força da arte e cultura local à Virada.
“A ViradaSP é o evento mais esperado do ano e após anos de pandemia, estamos felizes que esse encontro seja presencial. Botucatu fica eufórica com a oportunidade de acessar a programação que contempla atrações internacionais, nacionais e locais. Uma grande festa da arte e da cultura. Somos imensamente gratos por essa parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo”, diz Cristina Cury Ramos, secretária Municipal de Cultura de Botucatu.
Botucatu é o décimo município a receber a Virada SP este ano. No começo de agosto, Adamantina e Ubarana inauguraram o evento que voltou ao formato presencial, depois de dois anos realizados virtualmente em função do isolamento imposto pela pandemia.
 
Todas as 22 cidades foram selecionadas por chamamento público, realizado pelo governo do Estado de São Paulo.

Virada SP
A Virada SP é uma maratona de arte e cultura com apresentações de linguagens variadas realizadas por artistas e grupos consagrados regional, nacional e internacionalmente. As atividades acontecem durante 24 horas consecutivas em espaços públicos e privados. Todas as ações são gratuitas e abertas ao público. Em 2020 e 2021, o evento assumiu o formato virtual, em função do isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19, mas manteve a parceria com cidades selecionadas, sempre por meio de chamadas públicas.

Este ano, a Virada SP volta ao modo presencial e, como nas edições anteriores, dá o título de Capital Cultural do Estado de São Paulo aos 22 municípios escolhidos –Adamantina, Iguape, Ilha Solteira, Paraibuna, Santa Fé do Sul, Santa Rita do Passa Quatro, Santo Antônio do Pinhal, Ubarana, Botucatu, Mairiporã, Registro, Santa Bárbara d´Oeste, Votuporanga, Itapevi, Santos, Bertioga, Itanhaém e São Sebastião, Campinas, Presidente Prudente, São José dos Campos e Indaiatuba. As cidades de Santa Rita do Passa Quatro, Ubarana, Santo Antônio do Pinhal, Paraibuna, Adamantina e São Sebastião participam de forma inédita do evento.

Além de fomentar e democratizar o acesso à cultura, a Virada SP, parte do programa #JuntosPelaCultura, é um grande incentivador da arte local que une estado, prefeituras e segmentos artísticos a fim de desenvolver a cultura e a economia criativa em todas as regiões do estado.
A Virada SP de 2022 tem um investimento de R$ 15,7 milhões, orçamento recorde na história das Viradas pelo Governo do Estado. A previsão é que, mais uma vez,  o impacto econômico seja significativo com destaque para a geração de empregos diretos e indiretos nas regiões participantes.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA AQUI.
Autor: Assessoria de imprensa – Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia