Ir para o conteúdo

Prefeitura de Botucatu - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Botucatu - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
26
26 MAR 2024
CULTURA
1046 visualizações
NOTA DE ESCLARECIMENTO: poda de árvores na Praça da Pinacoteca
enviar para um amigo
receba notícias
Caros moradores e frequentadores da Praça da Pinacoteca,
 
Gostaríamos de esclarecer alguns pontos cruciais que têm gerado preocupações e questionamentos em relação ao recente corte de árvores em nossa praça.
 
Sabemos da inquestionável importância das árvores para o meio ambiente e para a estética do local, e queremos assegurar a todos que essa decisão não foi tomada de forma precipitada, leviana ou irresponsável, mas sim após uma criteriosa avaliação técnica e considerando, principalmente a segurança e integridade de todos os transeuntes.
 
Primeiramente, gostaríamos de ressaltar que o corte das árvores foi realizado após uma vistoria minuciosa realizada por especialistas em arborização urbana. Essas árvores estavam condenadas e representavam um risco iminente para a segurança de quem frequenta a praça.
 
É crucial ressaltar que essas árvores foram objeto de estudo e monitoramento por um período de no mínimo dois anos. Durante esse período foram identificados uma série de problemas estruturais e de saúde, indicado laudo técnico.
 
Diante disso, foi recomendada a supressão de algumas árvores. Entre uma série de problemas, o engenheiro responsável apontou a presença do fungo Ganoderma, que compromete a base das árvores e as torna ainda mais vulneráveis a quedas e outros acidentes.
 
Além disso, é importante mencionar que três das cinco árvores cortadas pertenciam à espécie espatódea, cujas flores são conhecidas por serem tóxicas para abelhas e beija-flores. Em muitas cidades, a plantação dessas árvores é proibida devido ao impacto negativo na fauna local.
 
Contamos com a compreensão e colaboração de todos para construirmos juntos um ambiente mais seguro, saudável e sustentável para as futuras gerações.
 
Atenciosamente,
Secretaria de Cultura.
 
Fonte: Secretaria de Cultura.
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia