Ir para o conteúdo

Prefeitura de Botucatu - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Botucatu - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
05
05 JAN 2024
DENGUE
SAÚDE
708 visualizações
Prefeitura intensifica ações de combate a dengue
enviar para um amigo
receba notícias
Agentes visitarão todos os imóveis para identificar e eliminar recipientes com água parada. Ação começará por Vitoriana neste domingo.
A Prefeitura de Botucatu está atuando fortemente para evitar uma epidemia de dengue na Cidade. O Prefeito Mário Pardini instituiu um Comitê de Enfrentamento à Dengue, que reúne todas as secretarias municipais atuando contra o problema. O objetivo deste comitê é unir forças para ampliar as visitas nas residências, orientar a população e diminuir a transmissão da doença no Município.
 
O trabalho de enfrentamento começou nesta sexta-feira, 05 de janeiro, com a capacitação de 80 pessoas da Zeladoria para vistoriar residências em busca de criadouros. Esta equipe se unirá aos 30 servidores da Vigilância Ambiental em Saúde e começarão a atuar já no próximo domingo, 07, no Distrito de Vitoriana.
 
As equipes da Vigilância Ambiental em Saúde, junto com Zeladoria, Infraestrutura, Defesa Civil e Guarda Civil Municipal, visitarão todos os imóveis para identificar objetos e materiais que podem acumular água da chuva. Os recipientes serão devidamente emborcados (virados de boca para baixo) ou removidos, se possível. O objetivo é reduzir os criadouros e a transmissão de casos de dengue no Distrito.
 
Desde setembro de 2023, quando iniciou o período de chuvas mais constantes, a Vigilância Ambiental em Saúde (VAS) tem realizado ações de conscientização e combate a dengue, em especial no Distrito de Vitoriana.
 
Porém, a colaboração da população é essencial para diminuir a transmissão de casos, uma vez que 80% dos criadouros de mosquitos são encontrados nos quintais das casas e são objetos utilizados no dia a dia das casas, como os bebedouros de animais, baldes e bacias, ou até mesmo brinquedos mal-acondicionados.
 
A população deve vistoriar, pelo menos uma vez por semana, seus quintais, eliminando água parada. E quando receber a visita dos agentes da Prefeitura, permitir a vistoria dos quintais, uma vez que estes profissionais são capacitados para encontrar criadouros que muitas vezes passam despercebidos pelo morador.
 
“Nós estamos fazendo a nossa parte, triplicando o número de servidores trabalhando para combater a dengue, mas nós só teremos sucesso nesta luta se os 150 mil habitantes de Botucatu estiverem juntos conosco, cuidado das suas casas e eliminando qualquer tipo de criadouro de mosquito”, destacou o Prefeito Mário Pardini.
 
Em 2023, o Município registrou 429 casos da doença e neste ano já são 33 confirmações.
 
Sobre a dengue:
 
Dengue é uma doença febril grave causada por um arbovírus, transmitidos por picadas de insetos, especialmente os mosquitos. Existem quatro tipos de vírus de dengue (sorotipos 1, 2, 3 e 4). Cada pessoa pode ter os 4 sorotipos da doença, mas a infecção por um sorotipo gera imunidade permanente para ele.
 
O transmissor (vetor) da dengue é o mosquito Aedes aegypti, que precisa de água parada para se proliferar. O período do ano com maior transmissão são os meses mais chuvosos de cada região, mas é importante manter a higiene e evitar água parada todos os dias, porque os ovos do mosquito podem sobreviver por um ano até encontrar as melhores condições para se desenvolver.
 
Todas as faixas etárias são igualmente suscetíveis, porém as pessoas idosas têm maior risco de desenvolver dengue grave e outras complicações que podem levar à morte. O risco de gravidade e morte aumenta quando a pessoa tem alguma doença crônica, como diabetes e hipertensão, mesmo tratada.
 
Por isso, em caso de febre, dores no corpo, manchas avermelhadas na pele, procure uma unidade de saúde!
 
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia