Ir para o conteúdo

Prefeitura de Botucatu - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Botucatu - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
15
15 MAR 2021
SAÚDE
4727 visualizações
Prefeitura cadastra profissionais de saúde que ainda não receberam vacina contra Covid-19
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO

A Prefeitura de Botucatu solicita que todos os profissionais do serviço de saúde da Cidade que ainda não receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 se cadastrem no link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSffVNLd7n_GIhoasC9CGYSIXL1hNFuus1d98egU_ASciswprw/viewform?embedded=true .

Os interessados e pertencentes a esse grupo preencherão um breve formulário com informações profissionais. A medida tem o objetivo de quantificar essa parcela que ainda não foi vacinada e especificar a modalidade de trabalho desses cidadãos.

“Orientamos a todos os profissionais de saúde de Botucatu que ainda não receberam a primeira dose da vacina que preencham esse formulário ainda nesta semana. Existe uma sinalização do Governo Estadual para o remanejamento de doses para esse grupo, visto o desejo da administração municipal pela revisão da quantidade destinada até agora ao Município”, afirmou o Secretário Municipal de Saúde, André Spadaro.

Depois do cadastro e com a chegada de novas doses do imunizante, esses profissionais de Saúde serão convocados para receberem a dose. Eles deverão neste ato apresentar documento de identificação, CPF, comprovante de endereço na Cidade, e carteira do conselho de classe. Funcionários que atuam em equipamentos de saúde também deverão apresentar documento de identificação e CPF, e outro documento que comprove a atuação no equipamento, como holerite, carteira de trabalho ou crachá.

Segundo o último Documento Técnico emitido pelo Centro de Vigilância Epidemiológica do Governo do Estado de São Paulo, são considerados profissionais da saúde:

- Todos aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. Compreende tanto os profissionais da saúde ( ex: médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares), quanto os trabalhadores de apoio (ex. recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros), ou seja, todos aqueles que trabalham nos serviços de saúde.

Inclui-se ainda aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares (ex. cuidadores de idosos, doulas/parteiras), bem como funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados.

A vacina também será ofertada para acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios. Nessa estratégia será solicitado documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com o serviço de saúde ou apresentação de declaração emitida pelo serviço de saúde.

Nota: Os cuidadores de idosos são aquelas pessoas que se enquadram na “ocupação de cuidador que integra a Classificação Brasileira de Ocupações – CBO sob o código 5162”, que define o cuidador como alguém que “cuida a partir dos objetivos estabelecidos por instituições especializadas ou responsáveis diretos, zelando pelo bem-estar, saúde, alimentação, higiene pessoal, educação, cultura, recreação e lazer da pessoa assistida”.

Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia