Ir para o conteúdo

Prefeitura de Botucatu - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Botucatu - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Youtube
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
31
31 MAR 2020
HABITAÇÃO
442 visualizações
Pescadores do Porto Said recebem 50 casas populares da Prefeitura e do CDHU

Na última segunda-feira, 30, a Prefeitura de Botucatu e a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo, CDHU, fizeram a entrega administrativa das 50 unidades habitacionais populares do Porto Said.

Acompanharam a entrega o Vice-prefeito e Secretário Municipal de Infraestrutura, André Peres, o Secretário Municipal de Habitação, José Carlos Broto, o Secretário do Prefeito, Paulo Sérgio Alves e o subprefeito de Vitoriana, Márcio Santos.



Por conta da necessidade de se evitar aglomerações, prevenindo o contágio da Covid-19, causada pelo novo coronavírus, não houve cerimônia de entrega.



“Um momento de grande alegria entregar esses imóveis aos pescadores aqui do Porto Said. É uma realização sonhada desde o mandato do nosso ex-prefeito João Cury, finalizada pelo Prefeito Pardini. Era muito triste ver as condições em que essas pessoas moravam, em casas de lixa e lona, com esgoto a céu aberto. Com certeza esse novo residencial mudará a vida dessas famílias para melhor”, afirmou André Peres.



O novo conjunto habitacional possui imóveis com 200 m² de terreno e 45 m² construídos, contendo sala, banheiro, cozinha e dois quartos. Todo o bairro também conta com infraestrutura completa como asfalto, rede de energia elétrica, e água e esgoto encanados.



A Secretaria Municipal de Assistência Social, que já desenvolve trabalhos com os moradores da Vila dos Pescadores, continuará promovendo ações que facilitem a transição e adaptação dos moradores à nova realidade.



“Os moradores, que pagarão parcelas que giram em torno de R$ 150,00, têm a responsabilidade de realmente morarem na nova casa. No caso de algum mutuário abandonar a sua residência, a mesma será redirecionada pelo CDHU a outra família”, explicou José Carlos Broto, Secretário Municipal de Habitação e Urbanismo.



As 50 unidades habitacionais do Porto Said fazem parte de um Termo de Ajustamento de Conduta referente ao ano de 2014.

 

 

Seta
Versão do Sistema: 3.1.5 - 04/10/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia