Ir para o conteúdo

Prefeitura de Botucatu - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Botucatu - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Galeria de Prefeitos(as)
Emilio Peduti
período de atuação
01/01/1952 29/02/1956
Sobre o(a) Prefeito(a)

EMÍLIO PEDUTI

GESTÃO: 1952 a 1956 / 1960 a 1963

Emílio Peduti (Botucatu, 27 de maio de 1904 - Botucatu, 04 de março de 1963) foi um contador, empresário, vereador e prefeito de Botucatu. Era filho de José Peduti e Ernesta Boreli Peduti, casado com Maria do Carmo Torres Peduti, com quem teve os filhos Lourdes, Maria Rosa e Emílio Filho. Formou-se em contabilidade pela escola de comércio Álvares Penteado, em São Paulo, tendo em seguida iniciado as atividades profissionais de contador em firmas botucatuenses.

De simples contador, ascendeu à posição de gerente da agência local do Banco Francês e Italiano (Sudameris). Sua vocação administrativa chegou na área da cinematografia, começando com a aquisição da sua casa de diversões em Botucatu, a Empresa Teatral Peduti, que mais tarde se avantajaria e se converteria na extensa rede de cinemas no interior de São Paulo e também de Mato Grosso. Sua marca também está ligada a empreendimentos como a Rádio Municipalista de Botucatu, a Orphan, Empresa Bandeirantes de Cinema, Cafeeira Peduti Ltda, FILMACI, DIPAN, COSMOPAN, entre outras organizações cinematográficas.

Alguns feitos memoráveis que marcaram seus dois governos foram o melhoramento do sistema de água, a reforma do Mercado Municipal (o Mercadão), a instalação da central elétrica da USELPA, que hoje coloca Botucatu completamente à vontade para receber indústrias, a vinda da Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu, vencendo uma luta com outras cidades que disputavam essa faculdade que compõe um Campus da Unesp. Também foi o responsável pela construção do Hospital de Psicopatas (atual Hospital Cantídio de Moura Campos).

Após sua morte, recebeu várias homenagens póstumas, como a renomeação da Praça João Passos (Bosque) para Praça Emílio Peduti, além de ter uma estátua nessa mesma praça e um busto na Praça Isabel Arruda (frente à Santa Casa de Misericórdia Botucatuense).

Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia