Ir para o conteúdo

Prefeitura de Botucatu - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Botucatu - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Youtube
Rede Social Facebook
Galeria de Prefeitos
Otacílio Nogueira  - 15/01/1927 a 30/10/1930

OTACÍLIO NOGUEIRA

Intendente - Conselho de Intendência da Primeira República

GESTÃO: 1927 a 1930

Otacílio Nogueira (06 de setembro de 1884 - 27 de setembro de 1956) foi um fazendeiro, militar, vereador e intendente de Botucatu. Casado com Sophia Corina Pinheiro Machado, alferes e de patente coronel na Guarda Nacional, Nogueira também foi chefe político no Distrito da Prata de Botucatu (atualmente a cidade de Pratânia).

Nogueira, durante o tempo em que exerceu o cargo, recusou-se a receber os privilégios que lhe eram destinados. Em janeiro de 1927, mês assolado pelas chuvas de verão, o povo pedia o conserto das ruas. Imediatamente, inicia-se um trabalho de reparação das vias públicas fazendo as sarjetas e os abaulados das ruas Visconde do Rio Branco, Curuzu, Velho Cardoso, Independência e Largo Santa Cruz. Em março daquele ano, com o transbordamento do Rio Pardo, a ponte que ligava Botucatu a Itatinga foi danificada, e com esforço do intendente, uma nova ponte foi construída.

Nessa época, estava em Botucatu o maestro Amílcar Montebugnole, que havia fundado a Corporação Musical de Avaré. O maestro, então, propõe que haja uma Banda Municipal de Botucatu, e assim ela é criada.

Em 1927, é reformado o antigo prédio do Clube 24 de maio (na antiga rua Cesário Alvim, esquina com a Marechal Deodoro) e transfere para lá a sede do governo. Em abril de 1928, inicia um trabalho árduo: a construção de galerias no centro da cidade. Nesta época, Botucatu é servida pela rede Telephonica Sul Paulista, empresa que trouxe modernidade e tecnologia em seus serviços. Há também a fundação da Vila Saúde, da Escola de Instrução Militar 272 de Botucatu, da Escola de Farmácia e Odontologia e da Casa de Saúde Sul Paulista. Procede-se o calçamento da Rua Major Matheus, no trecho entre o pontilhão e o largo da matriz da Vila dos Lavradores.

Após seu mandato, participou ativamente da Revolução Constitucionalista de 1932. No dia 11 de abril, é indicado pelas forças constitucionalistas da cidade para ir a capital São Paulo buscar armamentos para os batalhões revolucionários que se formavam na região de Botucatu.

Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia